terça-feira, 4 de julho de 2017

Vereador questiona os valores dos artistas contratados para o São João de Santo Antônio de Jesus



A Prefeitura de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, está sendo questionada na contratação de artistas para o São João, realizado entre os dias 21 e 25 de junho. A manifestação partiu do vereador Marcos Antônio da Costa Muniz (DEM), o popular Chispita na Câmara de Vereadores. O edil já protocolou uma ação junto ao Ministério Público da Bahia (MP). De acordo com Chispita, as atrações contratadas pela gestão do prefeito Rogério Andrade foram Marcos e Belutti, Marília Mendonça, Adelmário Coelho, Del Feliz e Tayrone. O cachê de Marcos e Belutti custou R$ 220 mil, quando o valor de mercado da dupla está orçado R$ 150 mil; Marília Mendonça ganhou R$ 30 mil a mais, pelo mesmo show que fez em Irecê, Santo Antônio de Jesus pagou R$ 380 mil, enquanto a cidade da região da Chapada pagou R$ 350 mil. Chispita ainda aponta Adelmário Coelho que recebeu R$ 115 mil no show da cidade vizinha Cruz das Almas, recebeu na capital do recôncavo R$ 125 mil. Del Feliz quem recebeu no São João de 2015 o cachê de R$ 50 mil, este ano embolsou R$ 55 mil, valor superior ao recebido em Conceição do Almeida, quando o mesmo recebeu R$ 40 mil. Já Tayrone, que recebeu R$ 120 em Itatim, fez o show em Santo Antônio de Jesus por R$ 130 mil.
Com a palavra o Senhor Prefeito Rogério Andrade, as denúncias são graves e cabe investigação do Ministério Público.

*Com informações do Voz da Bahia

tags

0 comentários:

Postar um comentário