sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Dez armas são apreendidas após brigas entre ciganos



Dez armas foram apreendidas no Oeste Baiano, após a morte de três pessoas, durante uma festa realizada ontem (28) na casa de familiares de ciganos, na cidade de Angical. Quatro pistolas e três revólveres foram apreendidos após a ocorrência, que terminou com a morte Mailson da Silva Ferraz e dos irmãos Ramom e Felipe Ferraz de Souza. Informações preliminares dão conta de que o confronto teve início devido a ciúmes de Ramon em relação à esposa com Mailson.
Outros familiares também se envolveram na troca de tiros, sendo atingidos e encaminhados para o Hospital do Oeste, Michel Pereira Braga – amigo de Mailson que já teve alta médica – Cosme Ferraz da Silva, Eron Ferraz da Silva e um adolescente. Eles foram ouvidos pelo titular em exercício da Delegacia Territorial (DT/Angical), delegado José Romério Cavalcanti, e autuados por homicídio e tentativa de homicídio.
No mesmo dia também foram autuadas Andressa da Silva Santos, Roberta de Oliveira Santos e Marcilene Dantas Pereira. Elas estavam com as armas utilizadas no confronto entre os familiares, em um veículo indo em direção ao Hospital do Oeste. De acordo com o comandante da 84ª Companhia Independente da Polícia Militar, capitão Cristiano Gama, as armas foram recolhidas do local de crime pelas mulheres para dificultar a investigação das mortes.
Desdobramento
Nesta quinta-feira também foram presos Adriano Ferraz da Silva, pai de Ramon e Felipe, Lindomar Alves de Souza e Jedeenio Alves de Souza. Com eles foram encontradas duas pistolas e um revólver. “Recebemos informações de que o pai de duas das vítimas chegaria a Barreiras para vingar a morte dos filhos e graças a ação rápida das equipes da 84ª e 83ª CIPMs conseguimos evitar mais essa tragédia”, revelou o capitão Gama.
Disse ainda, que o policiamento no Hospital do Oeste está reforçado, com o objetivo de prevenir qualquer tentativa de vingança entre os grupos envolvidos. Enfatizou também, que todos os envolvidos nos homicídios já foram presos.
Informe baiano

tags

0 comentários:

Postar um comentário