sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Em menos de 24 horas, cinco mortes violentas são registradas em Parauapebas



Depois de um período de aparente tranquilidade, Parauapebas volta a ser sacudida pela onda da violência. De ontem, segunda-feira (11), até o início da tarde de hoje, terça (12), cinco pessoas foram mortas, entre elas, um policial militar, que foi torturado e assassinado durante um assalto na residência dele.
Só esta manhã três jovens foram executados a tiros no meio da rua. Dois no Bairro Nova Vida e outro no Bairro da Paz. As causas dos crimes ainda estão sendo levantadas pela polícia. Até agora ainda são poucas as informações sobre as vítimas e não se sabe se os crimes têm alguma ligação.
Além do cabo Raimundo Nonato Oliveira de Sousa, conhecido no município por “Santarém”, de 51 anos, na noite de ontem também foi morto durante uma intervenção policial Robson Gonzaga dos Santos, de 20 anos. E na manhã de hoje, no Bairro Nova Vida, dois jovens foram alvejados a tiros.
Um, identificado apenas como Mikael, morreu na hora. O outro, Arthur Gomes, ainda foi socorrido e levado para o Hospital Municipal, mas acabou vindo a óbito. No final da manhã, outro jovem, ainda sem identificação, foi executado no Bairro da Paz.
Reportagem: Tina Santos / Grupo Correio de Comunicação

tags

0 comentários:

Postar um comentário