terça-feira, 26 de setembro de 2017

Estrada em Prado desaba por conta de erosão causada pelo avanço do mar



Parte da estrada que dá acesso à maioria das praias dos 84 quilômetros do litoral de Prado, no sul da Bahia, desabou por conta de uma erosão causada pelo avanço do mar. Por causa do incidente, apenas um carro por vez consegue passar pelo trecho que desabou, localizado na Praia da Amendoeira.
O produtor rural Antônio Landin diz que está preocupado com a situação. " “Já está quase em estado de interdição”, afirmou, acrescentando que regularmente a prefeitura envia caminhões para colocar terra na estrada. “O paliativo sempre chegando, e aguardando o plano A, porque o plano B é o paliativo. Agora, o A é o que estamos aguardando”, completou Antônio.
Após parte da estrada desabar, de uma extremidade a outra, o espaço para os veículos passarem é de seis passos. Moradores que passam pelo local se dizem preocupados com os riscos de acidente. É o caso da estudante Monaliza Kelle Souza, que precisa passar pela estrada todos os dias pra ir para a escola. “A gente passa com medo disso desabar e acontecer um acidente”, diz.
A artesã e comerciante Silma Cacique, que há três vende lanches e artesanato na Praia da Paixão diz que tem medo do problema atrapalhar o turismo. "Prado sobrevive do turismo então, se a estrada está ruim, o comentário vai longe. E como é que o pessoal vem? E se vem uma onda alta? E se não tem estrada? Tudo isso é prejudicial”, diz Silma.
Em nota, a Secretaria de Obras de Prado disse que no último fim de semana foi concluído o serviço de reposição de cascalhos e aterro na estrada, e que o trabalho deve evitar que a terra não ceda mais. O secretário Marcos Mafra explicou que nos últimos anos, o mar avançou mais ou menos cinquenta metros no local e que o município registrou ondas de até três metros e meio.
ML

tags

0 comentários:

Postar um comentário