segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Flávio é uma das sete pessoas mortas cruelmente neste fim de semana sangrento em Camaçari


http://www.fortenoreconcavo.com.br/2017/04/saiba-um-pouco-mais-sobre-clarividencia.html

O fim de semana foi violento em Camaçari. Em uma série de homicídios, pelo menos sete pessoas foram mortas e neste domingo (17/9), foi registrada mais uma morte. A vítima foi identificada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) como Flávio da Silva Gomes, de 26 anos, executado na Rua do Cruzeiro, no distrito de Parafuso, às 23h45.
Na noite de sexta-feira (15), o policial militar Antonio José da Silva, de 38 anos, foi baleado por assaltantes na rotatória da Ford. Ele chegou a ser socorrido por colegas para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi sepultado no sábado (16).
Na madrugada do sábado teve início uma sequência de homicídios. A primeira vítima, um homem ainda não identificado, foi morto às 2h, na Praça Abrantes. Uma hora depois, José Carlos dos Santos, de 23 anos, foi assassinado na rua principal do bairro Parque Florestal.
Às 12h30, a polícia registou o homicídio de José Batista da Silva e Silva, 24 anos, no Verde Horizonte. Às 14h30, foi a vez de um adolescente de 16 anos, identificado pelas iniciais J. de L. J., ser morto na Rua da Caixa d’Água, no distrito de Parafuso.
Na Rua Nosso Senhor dos Passos, bairro Cristo Redentor, Fábio Alves Félix, 27 anos, foi assassinado às 17h30. Às 20h, Edivan Pereira da Silva, de 26 anos, foi baleado e morto na Rua Belém, bairro Phoc II. Todos estes homicídios foram registrados pela SSP-BA, porém há informações não oficiais de que mais pessoas foram mortas no sábado.

F: Camaçari Notícias

tags

0 comentários:

Postar um comentário