domingo, 10 de setembro de 2017

Grávida, baiana está ilhada em Miami durante a passagem do Irma



Na manhã deste domingo (10), o furacão Irma atingiu o estado da Flórida nos Estados Unidos deixando milhares de pessoas sem luz e água. O fenômeno climático alcançou o arquipélago de Florida Keys com ventos de 215 km/h, se tornando a atividade climática mais potente registrada no Atlântico até hoje. No olho do furacão, a baiana Tatiana Smera encontra-se ilhada na cidade de Miami. Grávida de seis meses, a brasileira viajou pela primeira vez para os Estados Unidos para comprar o enxoval do filho. Informada por um funcionário da companhia área que o Irma seria "apenas uma tempestade extra-tropical", Tatiana encontrou uma realidade diferente ao chegar na cidade americana. Com lojas fechadas e estado de emergência declarado, Smera foi movida de onde estava hospedada em Miami Beach pela polícia local. "Me falaram que o bairro tendia a alagar por causa do volume de chuvas. Não deu tempo de fazer nada, tudo estava fechando", contou ao Bahia Notícias. Evacuada pela polícia, Tatiana foi para o apartamento de um amigo nas proximidades e permanece lá. "A polícia não nos deixa sair. Estou alternando três mudas de roupa que trouxe comigo", contou Smera que preparou um estoque de comida em casa e está preocupa com outros dos seus pertences que continuam em Miami Beach.  No Brasil, a família de Tatiana ficou "duplamente preocupada" por conta da gravidez, mas a baiana diz que se sente segura. "Estou recebendo notícias do governo pelo celular e estou em um prédio com estrutura própria para este tipo de situação. Agora é sentar e esperar", completou a futura mãe que deve retornar para o Brasil na próxima semana, caso os aeroportos voltem a operar. 
Mídia Recôncavo 

tags

0 comentários:

Postar um comentário