terça-feira, 5 de setembro de 2017

Homem é preso acusado de matar rival no município de Teixeira de Freitas



Um crime ocorrido em agosto de 2015 foi enfim elucidado. Luzenilton Silva dos Santos, o "Neguinho" ou "Xexeneu", confirmou, durante depoimento aos delegados do Núcleo de Homicídios, da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, ser o autor da tentativa de homicídios contra o também Leandro Poluceno Fernandes, o "Bagre".
De acordo com o delegado Manoel Eduardo Costa Andreetta, titular da 1ª Delegacia Territorial, a vítima foi atingida por seis tiros na frente de sua casa, no bairro Nova América, e o motivo foi a disputa por territórios para a venda de drogas. Segundo a Polícia Civil, os dois pertenciam a quadrilhas rivais e Leandro chegou a agredir fisicamente os adolescentes convocados por Xexeneu para vender drogas em áreas que o agressor tinha  interesse.
Investigações realizadas pelo Núcleo de Homicídios, da Coorpin/T. Freitas, apurou que Xexeneu integrava a quadrilha do traficante Romário Gumiero dos Santos, o "Barrão", morto em emboscada feita por um grupo rival, chefiado pelos traficantes Farlei Ferreira, o "Coroa", e Eldo Ferreira Batista, o "Eldinho", chefes também de "Bagre".
Na época do crime, Xexeneu fugiu de Teixeira de Freitas e se escondeu na cidade de Medeiros Neto, onde foi preso, ainda em 2015, e conduzido ao Complexo Penitenciário de Teixeira, onde cumpre pena. Os delegados Bruno Ferrari, Ricardo Amaral e Rina Andrade, do Núcleo de Homicídios, que cuidam do caso, ouviram o presidiário e deram por elucidado o crime, solicitando a prisão preventiva dele na conclusão do inquérito, remetido à Justiça.
Bocão News

tags

0 comentários:

Postar um comentário