sábado, 30 de setembro de 2017

Menina de três anos que lutava contra síndrome rara morre de meningite em Salvador


Menina de três anos que lutava contra síndrome rara morre de meningite em Salvador

A menina Ana Cecília, de 3 anos, que lutava desde os primeiros meses de vida contra uma síndrome nefrótica, morreu no Hospital Santa Izabel, em Salvador. A menina contraiu uma meningite e foi internada na unidade médica há cerca de duas semanas. Ela não resistiu às complicações causadas pela doença.
O sepultamento de Ana Cecília ocorreu na manhã desta sexta-feira (29), no Cemitério do Kadija, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, onde ela nasceu. O falecimento foi na quinta-feira (28).
Em 2014, aos três meses de vida, uma síndrome nefrótica deixou Ana Cecília debilitada. A síndrome rara que afeta os rins causava um excesso de proteínas na urina e, por consequência, faltavam proteínas no sangue. O bebê tinha inchaço abdominal.
O tratamento não era feito em Vitória da Conquista. Foram 70 dias internada no Hospital Geral da cidade até que uma liminar expedida pela Justiça determinasse a transferência da criança. Ana Cecília foi de UTI aérea para o Hospital Roberto Santos, em Salvador. Foram sete meses de tratamento intensivo.
Apesar de toda a batalha dos pais, em julho eles enfrentaram um momento crítico, pois Ana Cecília pegou uma infecção hospitalar. Os médicos chegaram a dizer que ela não sobreviveria, mas a criança resistiu.
Após o susto, Ana Cecília teve alta no dia 16 de agosto de 2015. A família pôde voltar para Vitória da Conquista. O pai registrou toda emoção logo na entrada da cidade à época . “Nossa pequenininha”, dizia o pai no vídeo gravado no momento da chegada. Desde então, era acompanhada por médicos e vivia uma vida tranquila.

Fonte: G1

tags

0 comentários:

Postar um comentário