segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Mulher arranha rosto em árvore para simular agressão em blitz no DF; veja vídeo



Uma mulher de 21 anos foi gravada arranhando o próprio rosto em uma árvore após ser parada em uma blitz no Sudoeste, no Distrito Federal, na noite deste sábado (23). No vídeo, filmado por um policial rodoviário, ela tenta simular que sofreu uma agressão (veja abaixo).
Os militares e agentes do Detran disseram à TV Globo que a motorista apresentava sinais de embriaguez e que se recusou a soprar o bafômetro. Ao desacatar os funcionários com palavrões e se negar a acompanha-los até uma delegacia, os policiais tentam algemá-la, mas a jovem se descontrolou.
No vídeo, aparentando descontrole, a motorista questiona "vocês querem me prender?", deixa a bolsa no chão e segue em direção a uma árvore, onde bate o rosto no tronco. Ela retorna e começa a acusar os agentes e policiais de agressão.
"Filma! Agora filma! Filma a hora que ele bateu na minha cara! Filma a hora que ele enfiou a mão na minha cara", diz. "Olha aqui como é que tá a minha cara!" O agente do Detran responde que ela havia acabado de "passar o rosto na árvore", ao que a jovem rebate: "É mentira."
Exame deu negativo
A motorista foi levada ao IML para fazer o exame que mede o nível de álcool no sangue e o resultado deu negativo. Ela assinou um termo de compromisso na 5ª DP, na Asa Norte, e foi liberada.
Segundo o comandante da polícia de trânsito, Alexandre Souza Oliveira, é provável que o resultado do exame tenha sido diferente do que acusaria o bafômetro, caso tivesse sido soprado no momento da blitz – a motorista se recusou a fazê-lo.
"Tudo leva a crer que naquele momento ela estivesse sob efeito de álcool, mas o exame da polícia civil foi feito no IML algumas horas depois e não acusou."

MR




tags

0 comentários:

Postar um comentário