sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Sobe para 35 número de mortos no México após forte terremoto de de magnitude 8,1



Forte terremoto de magnitude 8,1 atingiu a costa sul do México no final da noite desta quinta-feira (7), informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que registra sismos em todo o mundo. O número de mortes confirmadas chegou a 35 (25 no estado de Oaxaca, 7 em Chiapas e 3 em Tabasco).
O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico chegou a emitir um alerta de possíveis ondas gigantes de até 4 metros de altura para México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador. No início da manhã, o aviso foi retirado. O sismo sacudiu quase todo o México e foi sentido em vários países da América Central.
"Foram segundos de muito medo e sentimento de impotência. Os vidros começaram a fazer ruído como se estivessem trincando. Depois veio a pior parte, o prédio balançando, parecia um navio", disse a dona de casa Sandra Regina Lima, de 39 anos, que mora com o marido e o filho de quatro na Cidade do México. Apesar do susto, o Itamaraty informou que até o momento não há brasileiros entre as vítimas.
"O governo brasileiro manifesta sua solidariedade aos feridos, ao povo e ao governo do México, bem como suas condolências aos familiares das vítimas fatais", afirmou o Ministério das Relações Exteriores. Ao menos três pessoas morreram no estado mexicano de Chiapas, informou o governador Manuel Velasco, todas soterradas dentro de uma casa na cidade de San Cristóbal. Ele também pediu aos moradores da região costeiras que deixem suas casas ante o risco de tsunami.
O governador de Tabasco, Arturo Núñez, reportou a morte de dois menores de idade. O governador de Oaxaca, Alejandro Murat, afirmou que tremor deixou feridos em um hotel de Istmo de Tehuantepec. A agência de proteção civil do México informou que o terremoto foi o mais forte a atingir o país desde o devastador tremor de 1985 que derrubou edifícios e matou milhares.

tags

0 comentários:

Postar um comentário