quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Traficante é preso menos de 24 horas depois de matar rival



Durou pouco. Menos de 24 horas depois de matar o rival Luã, na Rua São José, em Pau da Lima, o traficante Ruan, vulgo “Bonitão”, de 19 anos, foi preso, na manhã da terça-feira, dia 5/9, na Rua Santos Dumont, naquele bairro, por investigadores da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central).
Ruan matou Luã com a ajuda de um comparsa, identificado pelo vulgo de Rasta, que está sendo procurado pela Polícia. A vítima foi alvejada com três tiros, sendo dois na cabeça e um no tórax, por integrar um bando rival. A arma do crime ainda não foi encontrada.
De acordo com o delegado Reinaldo Mangabeira, da 2ª DH/Central, Ruan integra uma quadrilha responsável por vários homicídios no bairro de Pau da Lima. “São traficantes e homicidas perigosos, que ameaçam as pessoas na localidade causando medo nos moradores”, explicou o delegado.
Mangabeira investiga o envolvimento da quadrilha nos homicídios de Joadson Santos de Santana, filho de um policial militar, morto em maio deste ano, na Rua Santa Luzia, em Pau da Lima, e de Joanita dos Santos de Jesus, no mês de junho.
Autuado em flagrante por homicídio e associação criminosa, Ruan, que já tem passagem por roubo e atuava na quadrilha como “olheiro”, foi encaminhado ao sistema prisional.


Foto/fonte Polícia Civil

tags

0 comentários:

Postar um comentário