quarta-feira, 27 de setembro de 2017

TRANSFOBIA: Mulher trans é humilhada ao usar banheiro feminino em supermercado na Barra



Uma mulher transexual foi humilhada e agredida verbalmente por funcionários da loja Bompreço, no Chame-Chame, após usar o banheiro feminino do estabelecimento, na última segunda-feira (26/9). Em denúncia, Kiara Vellano Damasceno, 27 anos, afirma que estava no mercado na companhia do seu marido por volta das 19h30 da noite quando resolveu utilizar o banheiro feminino da unidade e, ao retornar do sanitário foi abordada por funcionários que a agrediram verbalmente. “Falaram que eu não deveria usar aquele banheiro que eu era homem viado. Fui muito humilhada, foi horrível”, revela Kiara.
A vítima prestou queixa na 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra) e segundo Carmem Dolores, delegada titular da unidade, Kiara e as outras partes serão intimidas para prestar depoimento nos próximos dias e posteriormente levar o caso à Justiça.
A reportagem entrou em contato com a assessoria do Grupo Walmart, responsável pelos supermercados da bandeira Bompreço, que informou que “a respeito do ocorrido, a direção do Bompreço afirma que o respeito ao indivíduo faz parte dos valores da empresa, que não admite nenhuma forma de preconceito. O fato está fora dos procedimentos habituais da organização e os fatos serão apurados internamente.” ( aratuonline)

tags

0 comentários:

Postar um comentário