quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Um dos sobreviventes do assalto violento em distrito de Cabaceiras do Paraguaçu da entrada no HRSAJ



Um latrocínio (roubo seguido de morte), deixou uma vítima ferida e outra morta na noite desta quarta-feira (20/9). Segundo informações, Fonseca, o "Nenho Bozó", de 35 anos e José Raimundo Alves dos Santos, o "Leque", de 32 anos, foram baleados no interior de um bar localizado na Rua da Lama em Geolândia (distrito) de Cabaceiras do Paraguaçu. Os autores dos disparos adentraram no bar onde estavam as vítimas anunciando o assalto e efetuando os disparos. Logo em seguida. "Leque" não resistiu e morreu enquanto recebia atendimento médico, já Nenho Bozó ainda conciente  deu entrada na emergência da Unidade de Pronto Atendimento (UPA24h) de Cruz das Almas, mas teve de ser transferido horas depois para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ).
Informações clínicas dão conta de que Nenho Bozó não corre risco de morte, porém seu estado clínico inspira cuidados.
Os autores dos disparos fugiram numa motocicleta.
O crime será investigado pela Polícia Civil de Cabaceiras do Paraguaçu.

#ForteNoReconcavo

tags

0 comentários:

Postar um comentário