sexta-feira, 13 de outubro de 2017

‘ATACADÃO’: Polícia baiana apreendeu quase 230 Kg de drogas por dia entre setembro e outubro



Quase 10 toneladas de drogas foram tiradas de circulação de alguns municípios da Bahia em um intervalo de 41 dias. Em setembro e parte de outubro, as grandes apreensões chamaram atenção até mesmo dos policiais civis, militares e federais. A maconha foi o entorpecente que mais acabou sendo encontrado.
Exemplo disso é que, somente nos onze primeiros dias de outubro, 1,688 tonelada acabou não chegando ao seu destino final. Ou seja, em média, foram apreendidos diariamente 153 kg somente de maconha na Bahia neste mês. A maior parte dos flagrantes ocorreu em Feira de Santana, a 110 km de Salvador.
Do total deste mês, exatamente 1,223 tonelada foi apreendida na segunda maior cidade da Bahia em três operações policiais. A mais importante delas, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), aconteceu no último dia 6. Os agentes deram ordem de parada ao condutor de uma caminhonete, mas ele não obedeceu. Houve perseguição e o veículo foi interceptado. Dentro do automóvel foram encontrados tabletes de maconha, totalizando 1 tonelada. O motorista fugiu.
Entre os dias 7 e 9 também aconteceram ações em Vitória da Conquista, a 510 km da capital, e Xique-Xique, distante 590 km de Salvador. Na capital do sudoeste, foram encontrados 139 tabletes de maconha pelos agentes da 77ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) que estavam com dois homens. Já na cidade do Norte, foram localizadas 25 sacos da mesma droga com um homem na BA-052 (Estrada do Feijão).
Em setembro, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) comemorou o recorde de 7,7 toneladas apreendidas de drogas em geral. O número, de acordo com a própria pasta, foi maior do que os demais nove meses anteriores do ano.
“A rotina de retirada das drogas no varejo continua, mas a mudança na ação policial envolvendo o trabalho mais unido das polícias tem dado muito prejuízo às quadrilhas antes das drogas chegarem ao mercado”, frisou à época o comandante da Força Tarefa da SSP, major Marcelo Barreto.
Colocando a droga e os números na balança, chegamos aos seguintes números: nos 41 dias, foram apreendidos 9,378 toneladas de entorpecentes. Isso representa 228 quilos retirados de circulação diariamente no Estado.
Jean Mendes /Foto: reprodução/TV Aratu

tags

0 comentários:

Postar um comentário