sábado, 7 de outubro de 2017

Corpo de Dona Arlette Magalhães é enterrado no Campo Santo



O corpo de dona Arlette Maron de Magalhães, viúva do ex-senador e governador da Bahia Antônio Carlos Magalhães (ACM) foi enterrado no fim da tarde deste sábado (7), no Cemitério Campo Santo, em Salvador. Ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu na manhã deste sábado no Hospital Cárdio Pulmonar, onde estava internada.
Familiares e amigos se reuniram em velório na capela do Campo Santo e participaram de uma missa celebrada pelo Arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. Dona Arlette deixa dois filhos, oito netos e13 bisnetos.
Filha de imigrantes libaneses que desembarcaram no sul da Bahia, Arlette nasceu em Itabuna no dia 15 de novembro de 1930. Para aprofundar os estudos, veio morar em Salvador, onde conheceu o marido, ainda estudante da Faculdade de Medicina da Ufba. O casal teve quatro filhos: Antonio Carlos Júnior, Teresa, Ana Lúcia e Luís Eduardo.
Primeira dama do estado por três vezes, dona Arlette Magalhães já atuou como presidente das Voluntárias Sociais da Bahia e durante toda a vida participou de diversas ações sociais. Em Salvador, ela foi presidente do Instituto Antônio Carlos Magalhães (ACM) desde a inauguração, em 2010.
Informe Baiano

tags

0 comentários:

Postar um comentário