terça-feira, 31 de outubro de 2017

Morte de garoto atropelado por ônibus escolar sensibiliza pais e suspende aulas em Simões Filho



A morte de Miguel Pereira Santos, 10 anos, na tarde desta terça-feira (31/10), chocou a população e gerou muita comoção nas redes sociais, por parte de familiares, amigos e vários pais e mães de família que se sensibilizaram com a fatalidade. O jovem foi atropelado por um ônibus escolar em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.
Dentre os pais que se comoveram está o comerciante Gustavo Freitas, 38 anos, que mora no Centro da cidade e presenciou o socorro. Gustavo ficou preocupado pois seu filho também estuda no mesmo Colégio que o Miguel frequentava. “Eu lembrei logo do meu filho que estuda no mesmo Colégio, mas graças a Deus ele já estava em casa. Estou muito triste com o ocorrido, mas nessas horas só Deus para confortar o coração dessa família“, lamentou.
Quem também não se calou diante da tragédia foi uma professora da rede municipal de ensino. A educadora, que pediu para não ser identificada, demonstrou sua indignação e disse que já havia alertado sobre as condições do transporte escolar. “Sou professora desse município há 10 anos, e posso afirmar que melhorias no sistema de transporte dos estudantes e professores é pauta antiga da luta da categoria. Há anos denunciamos, inclusive ao MP, os absurdos cometidos. Ônibus sem nenhuma condição física, as crianças sozinhas nos escolares, motoristas despreparados, inclusive, muitos sem habilitação exigida por lei. Enfim, há anos que lutamos para que essa realidade mude. Nós professores sempre lutamos por transporte digno para nossos estudantes. Infelizmente nunca tivemos essa exigência atendida. E agora acontece esse fato lamentável. Muito triste”, disse.
Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que as aulas da rede municipal de ensino foram suspensas no turno da noite de hoje e nos três turnos desta quarta-feira (1/11), em virtude da morte do aluno.

tags

0 comentários:

Postar um comentário