sábado, 21 de outubro de 2017

Oito pessoas são presas em flagrante em Salvador durante operação contra pedofilia



Oito pessoas foram presas em flagrante em Salvador, nesta sexta-feira (20), durante a operação nacional "Luz na Infância", em combate à pedofilia. Não foram informados os nomes dos presos, nem para onde foram levados. Na capital baiana, também foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em diversos bairros.
A operação foi deflagrada pela Polícia Civil em 24 estados e no Distrito Federal, e prendeu mais de 90 pessoas em todo o país até por volta das 8h24. Em Salvador, foram cumpridos mandados de busca nos bairros do Stiep, Chame-Chame, Pituba, Barbalho, Barroquinha, Itapuã, Coutos e Caminho de Areia. Ainda não há balanço sobre o que foi apreendido.
Os alvos da operação foram identificados através de um levantamento de informações pela Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil - Adidância da Polícia de Imigração e Alfandega em Brasília (US ImmigrationandCustomsEnforcement-ICE). Com base em informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, a polícia instaurou inquéritos policiais e representou pelas buscas e apreensões junto ao Poder Judiciário.
O inquérito visa apreender computadores e dispositivos informáticos onde estão armazenados os conteúdos de pedofilia, indiciar e prender os criminosos. A investigação começou há seis meses. Localmente, a operação é deflagrada pela Polícia Civil na Bahia por meio do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), do Departamento de Inteligência Policial (DIP), da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), da Coordenação de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (CTIT), do Grupo Especial de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos (GME), além da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SI/SSP). Estão envolvidos na ação 76 policiais.

tags

0 comentários:

Postar um comentário