sábado, 7 de outubro de 2017

Operação desarticula quadrilha de homicidas em Itabuna

Uma operação deflagrada, na manhã desta sexta-feira (6), pela Delegacia de Homicídios (DH), de Itabuna, para cumprimento de mandados de prisão, desarticulou uma quadrilha de homicidas que atuava na cidade. José Roberto Santos Neves, o ‘Nego Beto’, Diovane Prado Conceição e Carlos Alberto Pereira da Silva, o ‘Beto Pintor’, foram localizados nos bairros de Califórnia, Fátima e Novo Jaçanã, respectivamente.
A ação contou ainda com a participação da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e da Delegacia Territorial (DT), sediadas em Itabuna.
Segundo a delegada Magda Suely, titular da DH/Itabuna, ‘Nego Beto’ é o líder de uma quadrilha de traficantes que pratica diversos homicídios nas localidades de Alto do Cuscuz e 2ª Travessa São José. “Os crime praticados por ele e por seu comparsa, Diovane, foram motivados pela disputa por pontos de venda de drogas na região”, explanou a delegada.
Os mandados cumpridos nesta sexta contra ‘Nego Beto’ e Diovane são relativos ao assassinato de Deodato dos Santos e a tentativa de homicídio contra Jonathan Santos de Souza, ambos ocorridos em setembro deste ano. A dupla já possuía passagens por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.
‘Beto Pintor’, que integra a mesma quadrilha, tem passagem por roubo à mão armada e é apontado como o responsável pelo homicídio de Railton Dutra dos Santos Neto, ocorrido em 24 de junho, também neste ano, no bairro Sarinha Alcântara.
Ainda de acordo com a titular da DH/Itabuna, dois homicidas que não foram localizados, devem ter seus mandados cumpridos nos próximos dias. ‘Nego Beto’, Diovane e ‘Beto Pintor’ estão custodiados na carceragem da 6ª Coorpin/Itabuna, de onde seguirão para o sistema prisional.

tags

0 comentários:

Postar um comentário