domingo, 29 de outubro de 2017

BRASIL-'Perda terrível', diz amiga de estudante morta após tentativa de assalto na Penha



A estudante universitária Márcia Alice Dias Bertolo Machado, de 17 anos, morta na noite deste sábado após ser baleada durante uma tentativa de assalto, será enterrada às 11h deste domingo, no Cemitério de Irajá, na Zona Norte do Rio. O velório começou às 9h, na capela Nossa Senhora da Apresentação.
Uma amiga da jovem contou que Márcia Alice era muito religiosa e frequentava a Paróquia Santa Cecília, em Brás de Pina, onde se crismou no ano passado. Ainda segundo a amiga, antes de ser morta, a estudante participava de uma confraternização com outros amigos que haviam passado no vestibular.
— É uma perda terrível para nós. Uma menina estudiosa, esforçada. A fé sempre esteve presente muito forte na vida dela. Estamos todos chocados com o que aconteceu — diz a amiga, Maria Inês Belarmino, que pede mais segurança no estado.
De acordo com um parente, que preferiu não se identificar, Márcia cursava o segundo período da faculdade de Química, na Unigranrio, e estava preparando sua festa de aniversário.
                 Unigranrio, onde jovem estudava, enviou coroa de flores
— Ela completaria 18 anos no dia 10 de dezembro e estava muito animada para a comemoração. Infelizmente essa onda de violência que se instalou no Rio de Janeiro levou a nossa menina. Estamos muito abalados com tudo isso. É uma dor que não cabe no peito — diz o parente.
                     Colégio onde jovem estudou fez homenagem
O Crime
Márcia Alice, que cursava a faculdade de Química na Unigranrio, voltava para casa com o namorado, de carro, quando foi atingida. O namorado da universitária contou à polícia que o casal sofreu uma tentativa de assalto e conseguiu fugir dos assaltantes. Logo depois, os bandidos começaram a perseguir o veículo, um Gol branco. Uma viatura da Polícia Militar teria percebido a ação e foi atrás dos criminosos. Em seguida, o rapaz, que estava dirigindo o veículo, ouviu dois disparos e percebeu que Márcia Alice tinha sido atingida.
                  Márcia Alice festejava com amigos antes do crime
A jovem chegou a ser levada para o Hospital estadual Getúlio Vargas, também na Penha, mas não resistiu. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital, segundo informação da assessoria de imprensa da Polícia Civil.
Colégio onde jovem estudou fez homenagem Colégio onde jovem estudou fez homenagem Foto: Reprodução
Em sua página no Facebook, o Colégio Franklin Carneiro, em Brás de Pina, na Zona Norte, onde a jovem estudou, lamentou a sua morte. “Não temos nem como imaginar a dor que vocês estão passando. Nossas orações estão com vocês. Nossas sinceras condolências a todos os familiares e amigos por tão prematura e grande perda”, dizia comunicado publicado. A menina tinha postado, na rede social, uma foto com amigos do colégio horas antes de ser morta.
Ainda no Facebook, amigos da estudante se despediram. “Anjinha mais linda. Agora está com papai do céu”, escreveu uma jovem. Não há informações sobre o enterro da estudante.
Márcia Alice festejava com amigos antes do crime Márcia Alice festejava com amigos antes do crime.
Foto: Reprodução/Jornal Extra 


tags

0 comentários:

Postar um comentário