sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Polícia Civil investiga abuso sexual em bebê de 4 meses diagnosticado com DST



Um suspeito de abusar sexualmente de um bebê de quatro meses de idade foi ouvido pela Polícia Civil nesta última quinta-feira (5), na cidade de Ponta Grossa, no Paraná. Na semana passada o bebê foi diagnosticado com Tricomoníase, doença sexualmente transmissível, no Hospital da Criança João Vargas de Oliveira.
A menina não apresentava sinais de violência física na região íntima, mas sêmen foi coletado no órgão genital. O caso começou a ser investigado quando a mãe da vítima foi à delegacia e mostrou uma foto da região íntima da menina, que apresentava uma secreção incomum. Após a denúncia o bebê foi encaminhado ao hospital.
De acordo com informações da delegada Ana Paula Cunha de Carvalho, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), as investigações giram em torno de três suspeitos: o irmão da garota, de 13 anos; o pai da criança, de 42 anos; e ainda o pai de outra irmã da vítima. Os dois adultos já foram ouvidos e se dispuseram a oferecer material genético para comparação. A criança está sendo tratada e quando tiver alta ficará sob cuidados da avó.
Inforsaj

tags

0 comentários:

Postar um comentário