sábado, 21 de outubro de 2017

Quadrilha é presa após polícia rastrear celular roubado em clínica na Cidade Baixa



Uma quadrilha foi presa após policiais rastrear o sinal do GPS de um celular roubado em uma clinica no Largo de Roma, em Salvador. De acordo com a Polícia Militar, o sinal do aparelho roubado levou os PMs ao esconderijo dos criminosos, um terreno baldio, localizado na rua Papa Urbano VIII, no bairro do Uruguai. O caso aconteceu na quinta-feira (20). 
Ainda segundo a polícia, quando os policiais chegaram ao local foram recebidos a tiros por um dos suspeitos que acabou se rendendo em seguida. Além dele, a polícia também prendeu quatro suspeitos que estavam escondidos no mesmo local.
Com o grupo, foi encontrado os pertencens roubados na clínica como 13 celulares, um tablet e três relógios. Uma pistola calibre 380, 51 trouxas de maconha, 55 balinhas de cocaína e 32 pedras de crack foram apreendidos.
Autuado em flagrante por roubo, tentativa de homicídio contra policiais, tráfico de drogas e formação de quadrilha, o grupo foi conduzido para a Central de Flagrantes.
Outro caso
O sinal de GPS de celulares roubados em ônibus levou a polícia a uma boca de fumo localizada na Baixa do Soronha, no bairro de Itapuã, em Salvador. Durante a operação realizada na quarta-feira (18), policiais do Grupo Especial de Repressão e Roubos em Coletivos (GERRC), prenderam cinco homens que estavam dentro de um imóvel no local: Waldeilson Santos Silva, de 26 anos, Danilo Santos de Jesus, 25, Marcelo Santos Souza, 23, Carlos Alexandre Rebouças dos Santos, 23, e Marconi Cleber Lima, 35.
De acordo com o titular do Gerrc, delegado José Nélis, os celulares roubados dentro dos coletivos na capital baiana eram levados pelos assaltantes para serem trocados por drogas. Bocao |News

tags

0 comentários:

Postar um comentário