domingo, 1 de outubro de 2017

'Sou candidato a continuar sendo prefeito de SP', afirma Doria sobre eleição presidencial



Cotado como um dos pré-candidatos à Presidência da República nas eleições de 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), prefere não se colocar nessa posição. Mesmo que passe a semana em eventos fora da capital paulista, o tucano ressalta que ainda é cedo para discutir o assunto.
Internamente, o PSDB ainda não definiu quem será seu candidato, já que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também está na disputa. "Eu sou candidato a continuar sendo prefeito da cidade de São Paulo. O ano que vem está longe. Agora é precipitado. O momento para discutir isso é janeiro", afirmou João Doria, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.
O prefeito acrescentou ainda que a legenda deve intensificar essa discussão entre janeiro e março e não em novembro quando os agremiados se reunirão em convenção. Ainda assim, ele defende a importância das pesquisas de intenção como vetor para a decisão dos partidos sobre os presidenciáveis – todos os levantamentos já divulgados o colocam como o tucano preferido pelo eleitorado.
"Defendo que a pesquisa tem de ser respeitada, uma ou duas pesquisas. É um elemento de tecnologia e informação confiável. Soma-se a isso a ideia de prévias, mas prévias amplas, não restritas. Só se justificam prévias para todos os filiados nacionalmente do PSDB. Fora disso, não dá para chamar de prévia. Se for para ter, que seja com o 1,2 milhão de filiados, aí as prévias se legitimam pela sua amplitude e sua dimensão", argumentou. De acordo com a publicação, as prévias são o principal critério defendido por Alckmin.
Inforsaj

tags

0 comentários:

Postar um comentário