domingo, 1 de outubro de 2017

SSP afirma que retirada de acusados no Baralho do Crime é de responsabilidade da pasta


[SSP afirma que retirada de acusados no Baralho do Crime é de responsabilidade da pasta]

A Secretaria de Segurança Pública do Estado encaminhou nota para esclarecer a inclusão e retirada de acusados no Baralho do Crime. O BNews publicou, neste sábado (30), anunciou que três cartas do baralho do crime, ferramenta lúdica criada para estimular a participação popular na busca dos bandidos mais perigosos do estado, foram trocadas. Eles tiveram mandado de prisão revogados pela Justiça. Contudo, a pasta explica que a responsabilidade é somente do órgão e que a Justiça não tem nenhuma influência sobre o aplicativo. 
A Secretaria da Segurança Pública esclarece que diferente do publicado na matéria sobre as mudanças no Baralho do Crime, a Justiça baiana não determina inclusão ou retirada de nomes na ferramenta, um aplicativo da SSP.
Esclarece ainda que para um criminoso integrar o Baralho, ele deve possuir mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça e ser considerado um dos mais procurados do estado. Logo, a partir do momento que uma das cartas tem o mandado revogado pela Justiça, ela é retida da ferramenta e logo substituída por outra. 
As cartas também são substituídas em casos de prisões, mortes ou surgimento de outros nomes mais relevantes com mundo criminal. A SSP ressalta ainda que os critérios utilizados para a revogação dos mandados são definidos pela Justiça, com base na legislação.
B.News

tags

0 comentários:

Postar um comentário