quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Suspeito morto em confronto na Santa Cruz foi preso pelo COE em 2016, diz SSP



De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o acusado de tráfico de drogas Herivélton de Assis Santos, 22 anos, que reagiu a abordagem policial, na tarde desta quarta-feira (25), e morreu em confronto, já tinha sido preso no ano passado por porte ilegal de arma. O flagrante ocorreu durante operação da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil. Na ocasião, segundo a polícia, ele chegou a atirar contra as equipes.
Na tarde desta quarta (25), ele voltou a tentar intimidar as forças de segurança e acabou sendo atingido por guarnições do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina). Erivelton foi socorrido para o Hospital Geral do Estado, mas acabou não resistindo.
                  
Foram apreendidos um revólver calibre 38, munições de calibres 38, 9mm e ponto 40, 90 pedras de crack e uma porção de maconha. Todo material foi apresentado na Corregedoria da PM.
“Sempre que um criminoso tentar medir esforços com a polícia a resposta será enérgica. Patrulhamos todas as ruas da Santa Cruz e continuaremos com esse trabalho de combate ao tráfico de drogas”, avisou o comandante da 40ª CIPM, major Amilton Sousa Teixeira Júnior.
Informe Baiano

tags

0 comentários:

Postar um comentário