sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Terceira arma artesanal é achada onde adolescente foi baleado em Feira de Santana



Mais uma arma artesanal, conhecida como "garrucha" foi encontrada na quinta-feira (5), no terreno baldio, no bairro Papagaio, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. No local, um adolescente foi atingido por um tiro acidental após manusear outra arma artesanal que ele encontrou no mesmo terreno.
De acordo com a Polícia Civil, um homem que faz reciclagem é suspeito de ter colocado essas armas no meio do entulhos, assumindo o risco de balear outras pessoas. Rafael Carvalho, de 12 anos, ficou gravemente ferido após o disparo acidental que ocorreu na tarde desta última quarta-feira (4).
De acordo com familiares da vítima, que revistaram o terreno, a arma encontrada nesta última quinta-feira no local é a terceira que foi vista no terreno. "Ao verificar o local eu vi a arma apontada para a estrada, no meio dos entulhos. Quando verifiquei vi que era outra e imediatamente chamamos a polícia", relatou Marivaldo Carvalho, primo do adolescente. A vítima contou à polícia que encontrou a arma escondida em dois tijolos que estavam no terreno, que serve de depósito de lixo.
A polícia informou ainda que já sabe o apelido do suspeito, mas que não pode divulgar para não atrapalhar as investigações. "Ele [o suspeito] pode ser responsabilizado por ter lesionado a criança. e ele ter colocado um artefato desse tipo, em local aberto ao público, de acesso a qualquer pessoa, ele está assumindo o risco de provocar essas lesões e vai responder por tentativa de homicídio", explicou o delegado que investiga o caso, Fabrício Linarde
O adolescente baleado está internado no Hospital da Criança, em Feira de Santana, onde passou por cirurgia e tem estado de saúde estável. Contudo, não há previsão de alta. "Ele falou que não está se sentindo mal e que só ficou com medo, porque estava mexendo nos objetos sem saber que tinha algo que pudesse fazer mal a ele", disse o primo da vítima, Luís Fernando Carvalho.
Inforsaj

tags

0 comentários:

Postar um comentário