quinta-feira, 5 de outubro de 2017

TROCOU, CAIU: Suspeito de homicídio morre após confronto com a PM no Vale das Pedrinhas


TROCOU, CAIU: Suspeito de homicídio morre após confronto com a PM no Vale das Pedrinhas

Um jovem suspeito de homicídio morreu após troca de tiros com policiais militares no bairro do Vale das Pedrinhas, em Salvador. Ycaro Caldas Fonseca, 20 anos, mais conhecido como “Fantasmão”, foi localizado na tarde desta quinta-feira (5/10) por agentes do Esquadrão Águia na Rua do Eco.
Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ele recebeu os policiais a tiros e acabou baleado no revide. Encaminhado ao Hospital Geral do Estado, não resistiu. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38.
Ainda segundo a SSP, Ycaro é suspeito de participar da morte de Rafael Santos Silva, crime ocorrido no último domingo (1/10), em Alto de Ondina. De acordo com as investigações, ele estava escondido no Vale das Pedrinhas desde o dia do assassinato e já possuía envolvimento com a facção que atua no bairro.
A polícia atribui a ele e ao comparsa, Artur Arlindo Barbosa Pacheco, o “Arturzinho”, uma série de boatos de toque de recolher no Alto de Ondina, conforme informam denúncias anônimas da população enviadas à polícia.
“Intensificamos as abordagens no Alto de Ondina para tranquilizar a população e recebemos a informação de que ‘Fantasmão’ estaria escondido no Vale das Pedrinhas, junto com outros comparsas”, contou o capitão do Esquadrão Águia, Marcos Chaves. A unidade é localizada no Alto de Ondina.
Ycaro já havia sido preso em flagrante, em abril deste ano, por tráfico de drogas. Quando adolescente foi apreendido por participar da quadrilha responsável pela morte do médico Márcio Espínola Ramos, crime ocorrido no Carnaval de 2013, quando a vítima e um amigo estavam em direção ao Rio Vermelho à procura de um táxi.
Aratu Online

tags

0 comentários:

Postar um comentário