sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Acusado de roubo e tráfico é assassinado a tiros e pedradas próximo ao Rio Jacuípe


Acusado de roubo e tráfico é assassinado a tiros e pedradas próximo ao Rio Jacuípe
Um homem foi assassinado por volta das 11h desta sexta-feira (17), na localidade Beira Rio, próximo à antiga sede do Fluminense, no Rio Jacuípe, em Feira de Santana. José Carlos Santos de Oliveira, também conhecido como Galego ou Da Lua, 31 anos, chegou ao local em um veículo Gol branco, de placa OLD-6955, e em seguida baleado e apedrejado.
                     
O delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios, esteve no local com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), e constatou que a vítima tentou correr dos matadores e que possivelmente foi atraída ao local.
                     
“Encontramos o carro estacionado, e uma barraca que estava fechada, onde ocorreram os primeiros disparos. Certamente ele foi atraído ao local por alguém. Após os primeiros disparos ele correu em direção ao rio, foi perseguido, caiu, tem marcas de sangue no local, se levantou, correu novamente e, em frente a um galpão caiu e foi apedrejado. A munição deve ter acabado e o autor para concluir o homicídio usou a pedra. Ele foi ferido com várias pedradas na região do crânio, e morreu em decorrência dos tiros e das pedradas”, relatou Gustavo Coutinho em entrevista ao Acorda Cidade.
                
Segundo o delegado, José Carlos já esteve preso e responde a processo por roubo e tráfico de drogas. As investigações já foram iniciadas para a identificação da autoria e motivo do crime.
Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

tags

0 comentários:

Postar um comentário