quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Adolescente morre em hospital após fraturar o punho em Anápolis



Estudante Lucas Ferreira Nascimento, de 12 anos, morreu, na quarta-feira (15), vítima de uma infecção generalizada depois de sofrer uma fratura no punho, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com a família, o menino caiu na escola, passou por cirurgia e estava bem até ser hospitalizado pela segunda vez e morrer. A Polícia Civil apura se houve negligência.
Emocionada, a mãe do adolescente, a dona de casa Inês Ferreira Guimarães, disse que o filho estava saudável e tinha fraturado sem nenhuma gravidade. “Meu filho entrou lá saudável, eu tenho como provar. Várias pessoas viram meu filho entrando lá. Meu filho entrar lá andando e sair morto”, desabafou.
Lucas caiu enquanto brincava na escola e fraturou o punho esquerdo, na última semana. Ele foi internado no Hospital Municipal Jamel Cecílio, foi submetido a uma cirurgia no punho e recebeu alta médica. Após passar mal por três dias, no último domingo (12) ele teve complicações, e teve que ser internado, em uma Unidade de Terapia Intensivo (UTI), onde morreu na quarta-feira. 
A diretora da escola onde Lucas estudava, Flávia de Souza, conta que acompanhou de perto toda a situação, desde quando ele se machucou. “Foram três dias. Os hospitais falavam que não tinham a vaga. Depois de correr muito, ir atrás do Ministério Público, de delegacia, nós conseguimos esta vaga. Só que, infelizmente, foi tarde”, disse.
Mídia Recôncavo

tags

0 comentários:

Postar um comentário