quinta-feira, 9 de novembro de 2017

ATENTADO NO RIO VERMELHO: PM é preso suspeito do crime que deixou um morto e dois feridos



O homem suspeito de assassinar uma pessoa e balear outras duas no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, foi preso na tarde desta quinta-feira (9/11). Trata-se do policial militar Frederico Santos Costa, de 38 anos. Ele se apresentou com seu advogado na sede do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).
O crime aconteceu na madrugada do último domingo (5/11). De acordo com as investigações, Frederico e a vítima fatal, Ednei Moreira Bahia, discutiram por causa de um balde com cervejas, por volta das 3h30. Ao sair do estabelecimento, o policial perseguiu a vítima e deflagrou um tiro, de um pistola ponto 380, de sua propriedade.
A versão dada pelo militar em depoimento segue às apuradas ao longo da investigação, mas ele alega que agiu em legítima defesa. “Frederico diz que foi ameaçado por Ednei e seus amigos, por isso acabou atirando no jogador”, contou o diretor do DHPP, José Bezerra Junior, que conduziu o interrogatório.
Ainda segundo o delegado, na manhã desta quinta, policiais civis estiveram na residência de Frederico, que já tinha um mandado de prisão decretado. Alguns pertences do agente foram apreendidos durante ação. “Ouvimos parentes do PM também, que informaram que não o viam desde sábado”, revelou o diretor. Agora, a Polícia Civil quer saber quem foi a outra pessoa que deflagrou mais tiros no mesmo local durante aquela madrugada.
Depois de ouvido, o policial passará por exame médico no Departamento de Polícia Técnica (DPT), para onde a arma também será levada e periciada. Lotado na 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Itapuã), Frederico, que é soldado, ficará preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura.
O CRIME
Um vídeo disponibilizado logo depois do assassinato mostra a correria no bairro no momento que o disparo é efetuado. Nas imagens é possível notar que os frequentadores do Largo de Santana, sentados em diversas mesas, correm. Naquele mesmo dia, por meio de nota, a Polícia Militar informou que foi acionada por volta das 3h50.
Ednei que tinha 30 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu. Já José Raimundo de Jesus Ribeiro, 29, e Ruy Moreira Bispo, 61, também foram encaminhados para a mesma unidade hospitalar e medicados. O estado de saúde da dupla não foi revelado.
VEJA AS IMAGENS:

tags

0 comentários:

Postar um comentário