quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Batida policial derruba QG do Bonde da Gamboa



A apuração de denúncias anônimas fizeram equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil chegarem, no final da manhã desta quarta-feira (1), a um acusado de tráfico e também na apreensão de farto material ilícito, no bairro da Gamboa, em Salvador. Uma residência e um local com mata fechada, na mesma localidade, eram usados como ponto de venda de drogas, armazenamento de armas e contabilidade da quadrilha.
No primeiro local, onde foi capturado Claudionor Conceição de Freitas Araújo, mais conhecido como ‘Cláudio’, foram apreendidos uma pistola calibre 380 com numeração adulterada, um carregador, 18 munições, 111 trouxinhas de cocaína, um saco contendo cinco pedras grandes de crack, uma trouxinha de maconha, R$ 1.023,00 em notas e R$ 95,50 em moedas.
Seguindo com as diligências, em um matagal, próximo a Rua da Resistência, os policiais localizaram dois sacos grandes contendo certa quantidade de maconha, dois baldes com 14 tabletes da mesma erva prensada, quatro sacos com um pó na cor branca (material utilizado na mistura com cocaína), um par de placas para colete balístico e dois carregadores de pistola.
“Temos indícios de quem são os donos das drogas e estamos trabalhando para capturá-los. O êxito na ação de hoje é todo das equipes da DTE que seguiram as denúncias e chegaram em Claudionor, integrante de uma facção de tráfico de drogas. Conseguimos converter a prisão de flagrante para preventiva, o que garantirá ele longe das ruas por um tempo razoável”, comemorou o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão.
Informe Baiano

tags

0 comentários:

Postar um comentário