sexta-feira, 3 de novembro de 2017

CALÚNIA: Jovem acusa PM de furto durante atendimento de ocorrência



O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (02) na Avenida Alexandre Guimarães com Rua Delegado Mauro dos Santos, bairro Agenor de Caevalho, em Porto Velho. O vigilante  Francinei M. S. (43) foi preso pelo crime de embriaguez na direção e Jéssica S. A. (30) por acusar um policial militar de furto durante atendimento de ocorrência.
Uma guarnição da PM realizava patrulhamento pela Avenida Mamoré com Raimundo Cantuária, no momento em que deparou-se com um jovem de 19 anos correndo, gritando por ajuda e apontando para um veículo Peugeot de cor prata, ocupado pelo casal suspeito. Após acompanhamento, a guarnição abordou o veículo. A vítima relatou que havia negociado um celular pela quantia de R$ 100,00 com Francinei, todavia, no instante em que entregou o objeto, o suspeito acelerou o carro e saiu sem pagar. Os policiais fizeram revista no veículo e no momento em que um militar realizava buscas na bolsa da suspeita, ela teria gritado que o agente público estava 'roubando' o dinheiro dela.
A revista foi interrompida e um tenente, comandante do policiamento de plantão do dia (CPOC) foi chamado. Uma nova busca com a presença do oficial foi realizada, o celular foi encontrado ao lado da porta do banco da passageira. Em seguida, a suspeita confessou que não havia nenhuma quantia na bolsa dela e, que o dinheiro estava no bolso da própria bermuda de Jéssica. 
O vigilante informou que o valor combinado pelo celular era de R$ 50,00 e tinha realizado o pagamento para a suposta vítima. Ele foi submetido ao teste de etilômetro e o resultado apresentado foi 0, 61 MG/L de ar expelido pelos pulmões, muito além do tolerável.
Diante dos fatos, o casal foi levado par a Central de Flagrantes. A jovem foi autuada pelo crime de calúnia e o homem por embriaguez na direção.
Fonte: RONDONIAOVIVO

tags

0 comentários:

Postar um comentário