quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Corpo de jovem que sumiu após carona combinada em app é achado



O corpo da vendedora Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, foi achado na tarde desta quinta-feira (2) em uma área rural perto de uma usina na região de Itapagipe, em Minas Gerais. Ela estava seminua às margens de um córrego. Uma calça encontrada próxima foi reconhecida por uma familiar como sendo de Kelly. A informação do Diário Da Região.
"Agora estamos mobilizados, junto à Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas buscas pelo autor desse crime", explicou o major Ivanildo Gomes dos Santos, comandante da 4ª Companhia da PM.
Kelly estava desaparecida desde a noite de ontem. Ela iria de Rio Preto, em São Paulo, para Itapagipe para visitar o namorado, o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva. Ela fazia parte de um grupo de caronas no WhatsApp e combinou de levar um casal para dividir os gastos da viagem. Na hora da saída, a mulher desistiu e ela viajou só com o rapaz. O carro da jovem foi achado na manhã desta quinta sem as rodas, o rádio e o estepe entre Mirassol e Mirassolândia, em São Paulo. Não havia sinais de sangue dentro do veículo.
Imagens de segurança de um pedágio em Fronteira (MG) mostram quando Kelly passou com o seu carro no sentido Minas Gerais, por volta das 20h. Mais tarde, por volta das 21h, o carro passa no sentido de volta, somente com um homem dirigindo.
Desaparecimento
O último contato de Kelly com a família foi quando ela parou para abastecer o veículo em um posto na BR-153. Parentes tentaram entrar em contato com ela novamente, sem sucesso. "Minha cunhada deu carona para uma pessoa do grupo. Era um rapaz que se identificou como João. Ela nos contou que iria pegar este rapaz que pediu carona, lá perto da Praça Cívica e seguiu viagem. O último contato foi quando ela estava perto de Nova Granada, às 19h. Ela estava em um posto abastecendo, depois nunca mais", diz o cunhado, Danilo Ribeiro, em entrevista ao Diário da Região.
Veja as fotos do pedágio, com Kelly passando e depois um homem dirigindo o carro:
Correios

tags

0 comentários:

Postar um comentário