sábado, 18 de novembro de 2017

Deputado americano anti-LGBT renuncia após ser flagrado fazendo sexo com homem


Deputado americano anti-LGBT renuncia após ser flagrado fazendo sexo com homem

Um deputado estadual conhecido por ser um dos maiores opositores a causa LGBT renunciou ao cargo após ser flagrado com um homem em seu gabinete. Wes Goodman, de 33 anos, faz parte do partido republicano e era deputado do estado de Ohio, nos Estados Unidos. De acordo com diário "Columbus Dispatch", Goodman foi flagrado enquanto fazia sexo com um homem e decidiu se demitir pela "conduta inapropriada", sem dar mais detalhes, depois de uma reunião com o líder republicano do Legislativo de Ohio, Cliff Rosenberger. O porta-voz dolíder do partido, Brad Miller, afirmou que o homem flagrado no gabinete com o deputado Wes Goodman não era funcionário da Casa. Ainda de acordo com o porta-voz, o encontro foi consensual, porém, considerado  "inapropriado para um representante estadual". "Me encontrei com ele [Goodman] e ele aceitou e confirmou as alegações", Rosenberger afirmou em nota, segundo a Associated Press. "Tornou-se claro que sua renúncia era a conduta mais apropriada para ele, para sua família, para seus eleitores e para esta instituição". Na biografia do Twitter, Goodman se descrevia como "cristão, americano, conservador, republicano" e ainda citava a mulher, Beth. Uma de suas principais plataformas políticas era a defesa do "casamento natural", que ocorreria apenas entre um homem e uma mulher.

Foto: Reprodução/ Extra

tags

0 comentários:

Postar um comentário