quarta-feira, 29 de novembro de 2017

FEMINICÍDIO: Preso por matar mulher a facadas, homem é condenado a regime aberto


FEMINICÍDIO Preso por matar mulher a facadas, homem é condenado a regime aberto.jpg

José de Jesus, 54 anos, preso em flagrante acusado de ter assassinado a esposa Marinalva da Silva Dias, no dia 4 de setembro de 2016, em Feira de Santana, foi a julgamento nesta terça-feira (28/11), no Fórum Desembargador Felinto Bastos. Após sessão, o Conselho de Sentença e a juíza responsável pelo caso, aplicaram uma pena de cinco anos de prisão em regime aberto.
O acusado já havia cumprido cerca de um ano e três meses da pena, e para seu advogado de defesa, Marco Aurélio, a pena foi proporcional ao crime. De acordo com o defensor, foi entendido que a situação foi um fato “isolado” e “circunstancial”, e a decisão serve para que José possa retornar ao convício social.
A promotora de justiça, Semiana Cardoso, declarou que a pena do homem foi atenuada, pois ele agiu sob o domínio de “violenta emoção”, e por isso o Ministério Público optou por uma condenação por homicídio privilegiado. O advogado de José pretende ainda entrar com o recurso na vara de execuções penais, para que o acusado possa cumprir o restante da pena em liberdade.
ENTENDA O CASO
O crime ocorreu em 4 de setembro de 2016. De acordo com o depoimento de José, ele e a companheira Marinalva da Silva Dias, 41 anos, estavam bebendo em um bar, no bairro Jardim Cruzeiro, na noite do crime. O homem alegou que a mulher, então, começou a “dar em cima” de outro homem que estava no local. Após essa atitude, os dois teriam se desentendido, e José matou a mulher a facadas. Na época, ele foi preso em flagrante e encaminhado para o Complexo de Delegacias do Sobradinho.
Aratu Online

tags

0 comentários:

Postar um comentário