quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Funcionário da Cemat/Energisa é morto à tiros quando cortava luz em atraso


Funcionário da Cemat/Energisa é morto à tiros quando cortava luz em atraso

Um funcionário da Energisa, concessionária de energia de Mato Grosso, foi assassinado com dois tiros à queima roupa enquanto tentava fazer uma religação em uma casa numa região de chácara no município de Paranaíta (850 km de Cuiabá), na tarde desta segunda-feira (20).
Gilmar Francisco de Oliveira, que trabalhava como eletricista para concessionária, levou dois tiros de um homem ainda não identificado.
Segundo a imprensa local, houve o corte de energia do cliente, suspeito de ser o assassino, pela manhã.
O homem fez o devido pagamento e solicitou que a religação, feita através do call center (0800), fosse feita com urgência.
Por volta das 16h45, o eletricista foi até o local fazer a religação quando o suspeito chegou e fez os disparos.
Gilmar Francisco de Oliveira deixa a esposa e um filho de 6 anos.
Curta a página oficial AlagoasNT no Facebook e @AlagoasNT no Twitter 
Fonte: www.alagoasnt.com.br

tags

0 comentários:

Postar um comentário