sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Homem é suspeito de estuprar criança dentro de piscina em condomínio no AM; polícia diz que há mais vítimas



Um homem que trabalhava limpando piscinas foi preso suspeito de estuprar uma criança de 10 anos dentro de um condomínio de luxo no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-oeste de Manaus. O crime foi registrado em um vídeo e entregue à polícia por um denunciante anônimo. Ele também é suspeito de estuprar de outras duas crianças, de 9 e 13 anos.
O suspeito, identificado pela polícia como Jacson Barros de Souza, de 38 anos, foi apresentado em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (10), no prédio da Delegacia Geral. Ele não quis comentar as acusações.
                 
Segundo a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o homem também teria abusado de duas crianças.
"Ele captava essas crianças e adolescentes para participar de uma ação na igreja católica, conquistando a confiança da mãe, da família, dava presentes caros e dizia às mães que essas crianças seriam coroinhas na igreja", informou a delegada ao G1.
A delegada informou ainda que podem existir outras vítimas. Os pais ou responsáveis delas podem procurar a Depca.
Prisão
O suspeito foi preso na manhã de terça-feira (9), na casa onde ele morava, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste da capital.
Em 2014, ele havia trabalhado no condomínio de luxo como auxiliar de serviços gerais e em maio deste ano Jacson foi contratado por um proprietário de uma das coberturas do prédio para fazer a limpeza da piscina do imóvel.
Com o suspeito, a polícia apreendeu uma filmadora e vários materiais de mídias que serão encaminhados para a perícia analisar se há algo para ser acrescentado na investigação.
Jacson foi indiciado por estupro de vulnerável e será levado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).
Fonte: G1

tags

0 comentários:

Postar um comentário