segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Jiquiriçá: liberação da Cachoeira dos Prazeres só depende da Prefeitura, diz promotor



Cachoeira dos Prazeres foi fechada em fevereiro de 2014.
A reabertura da Cachoeira dos Prazeres na cidade de Jiquiriçá, importante ponto turístico da região, só depende da prefeitura, isso, é o que diz o promotor de justiça, Dr. Julimar Barreto, segundo ele, assim que o projeto de requalificação do espaço for apresentado, a cachoeira será desinterditada.
Barreto foi entrevistado pela Rádio Recôncavo FM de Santo Antônio de Jesus nesta segunda-feira (27), e teceu comentários a cerca do espaço que no passado já recebeu milhares de visitantes, mas teve que ser fechado diante da exploração predatória.
O promotor afirmou que assim que a prefeitura fizer um projeto de requalificação da cachoeira, definindo área de estacionamento, praça de alimentação e critérios de segurança para que a população, a liminar cairá. “Ficaram de trazer exame da água para ver se tem esquistossomose ou verminose que possa ser transmitida para os banhistas”, disse ele em determinado ponto da entrevista.
“É preciso que o prefeito se mobilize para tentar resolver esse problema” disse o representante do Ministério Público ao enfatizar que o gestor ficou de fazer o projeto, mas até o momento nenhuma informação de agilização do processo foi repassada.
Interdição
               
Por decisão judicial a cachoeira foi fechada em fevereiro de 2014, na época diversos comerciantes foram impedidos de seguir com os estabelecimentos na área, bem como quem possuía algum tipo de barraca. 
Desde que foi fechada, diversas manifestações e intervenções foram feitas no sentido de viabilizar a reabertura, barracas foram demolidas e recentemente o prefeito João Fernando Alves Costa (PRP), solicitou da Serin – Secretaria De Relações Institucionais, solicitando a revitalização.
Mídia Bahia

tags

0 comentários:

Postar um comentário