segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Lula lidera cenários de disputa presidencial na Bahia



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera os cenários da disputa eleitoral em 2018 na Bahia, com 48,9% das intenções de voto, de acordo com levantamento do Instituto Paraná Pesquisas. Na sequência, com uma boa margem de distância, vem o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), com 12,9%. Os que não veem nenhuma opção na pesquisa estimulada representam 11,5% do eleitorado baiano.
A ex-ministra Marina Silva aparece logo depois com 8,8%; seguida de Ciro Gomes (6,2%), Geraldo Alckmin (4,4%) e Álvaro Dias (2,3%). Uma parcela de 3,5% não souberam opinar. Os piores colocados foram o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e a deputada estadual Manuela D’Ávila (0,5%). Entre os mais bem colocados, Lula é menos querido entre os entrevistados mais velhos (60 anos ou mais), com 46,5%. A mesma faixa etária também é a que menos deseja a eleição de Bolsonaro (6%) – que tem maior aceitação entre os mais jovens, com idades entre 16 – 24 anos (22,6%). Os mais jovens, por outro lado, rejeitam a candidatura de Álvaro Dias, que teve índice de 0% nessa faixa etária. Esse percentual foi o mesmo registrado por Henrique Meirelles entre adultos de 45 a 59 anos e por Manuela D’Ávila entre pessoas de 35 a 44 anos.
Considerando escolaridade, Lula tem menos aceitação entre os eleitores que têm ensino superior (35,3%, contra 59,7% com ensino fundamental). Já Bolsonaro tem maior rejeição entre os eleitores com ensino fundamental (apenas 6% o escolheram, contra 18,5% com ensino médio e 18,3% com ensino superior). Em um segundo cenário, com o prefeito de São Paulo, João Doria, substituindo Alckmin, o PSDB fica melhor posicionado – Doria obtém 5,2%. Mesmo assim ele fica em sexta posição: Lula lidera com 48,2%; Bolsonaro vem em segundo com 12,3%; 11,6% dizem não votar em nenhum candidato; Marina Silva tem 9% e Ciro Gomes, 6,4%. Aparecem com índices semelhantes Álvaro Dias (2,4%), Henrique Meirelles (1%) e Manuela D’Ávila (0,6%). 
Dos entrevistados, 3,3% não souberam qual candidato escolher.  Foram entrevistados 1.576 pessoas em 72 municípios baianos, entre os dias 16 e 21 de novembro de 2017. A margem de erro é de 2,5%, com grau de confiança de 95%. (Bahia Noticias)

tags

0 comentários:

Postar um comentário