terça-feira, 14 de novembro de 2017

Mãe se recusa a enterrar filha por acreditar que ainda está viva



Uma mãe de 48 anos se recusa a enterrar a filha, de 18 anos, que já recebeu atestado de óbito há dois dias na cidade de Rio Largo, região metropolitana de Maceió .
A certidão de óbito aponta que a causa da morte foi infecção renal. A mãe da vítima relatou que a família tem histórico de catalepsia – distúrbio deixa os indivíduos em estado de repouso confundido com a morte. E também explica que a cada geração o problema está se agravando.
O delegado responsável pelo caso esteve no local para apurar os fatos. Segundo a reportagem, o corpo foi levado para o instituto de Medicina Legal, em Maceió, onde será feito a necropsia.
Portal CM7

tags

0 comentários:

Postar um comentário