domingo, 5 de novembro de 2017

Polícia registra duplo homicídio na Ilha do Rato em Feira de Santana



O carroceiro Reginaldo Bastos Oliveira, de 31 anos e o ajudante de pedreiro Santelmo dos Santos Pereira Júnior, foram assassinados a tiros, por volta das 5h30 da manhã deste domingo (5/11), na Praça Presidente Médici, Feiraguay em Feira de Santana.
Segundo informações colhidas pela polícia, as vítimas estavam na noite de sábado na seresta da Vitória, localizada na Rua Conselheiro Franco e durante a madrugada tiveram uma discussão com outras pessoas.
Ao sair da seresta, eles foram abordados pelos atiradores e assassinados. Moradores das proximidades onde os homicídios ocorreram, relataram ouvir muitos tiros, cerca de 20 disparos.
O pai Reginaldo, o pedreiro Ednaldo Pereira de Oliveira esteve no local do crime e afirmou que soube da discussão do filho durante a madrugada na seresta da Vitória e que ele teria sido agredido. Ao amanhecer, ele foi até o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para ver se Reginaldo teria dado entrada nas unidades. Ao retornar para casa, o pai foi informado do homicídio.
"Passei perto do local de mais cedo, mas foi por outra rua e não fiquei sabendo de nada. Me disseram que ele brigou com umas pessoas na seresta da Vitória e tinham dado várias porradas nele. Eu fui procurá-lo e não o encontrei. Quando já estava voltando eu soube dessa notícia. Esse rapaz que estava com ele eu não sei quem é", declarou.
Reginaldo morava na Rua Anguera, bairro Jardim Acácia e Santelmo era morador da Rua Itiúba, bairro Tomba em Feira de Santana.
Até às 8h30 a Polícia Civil não tinha chegado ao local dos homicídios para realizar o levantamento cadavérico.

F: Acorda Cidade

tags

0 comentários:

Postar um comentário