quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Presídio de Lagoa Santa tem princípio de Motim nesta quarta (15), mas é rapidamente controlado


Aconteceu na tarde desta quarta-feira (15), feriado de Proclamação da República, um princípio de Motim no Presídio de Lagoa Santa, cidade do vetor norte da capital. Conforme apurado, três presos teriam começado a confusão, ateando fogo em um colchão.
A ação foi isolada, apenas em uma das celas. Os demais presos da unidade não aderiram ao motim. O fogo foi rapidamente controlado pelos agentes penitenciários.
De acordo com o Conselho da Comunidade, a fim de preservar os demais detentos, o diretor do presídio decidiu chamar o Corpo de Bombeiros para vistoriar a unidade prisional. Nenhum outro foco foi encontrado.
Os nomes dos detentos que teriam provocado o incêndio não foram divulgados. O Conselho da Comunidade está acompanhando a situação junto ao diretor do presídio, e pretende fazer uma visita a unidade nesta quinta-feira (16).
Familiares de detentos podem ficar tranquilos. O helicóptero do Corpo de Bombeiros chegou a sobrevoar a região onde está localizado o presídio, na Rua Caiçara, bairro Brant.
Irresponsabilidade
Diversas informações desencontradas foram divulgadas na noite desta quarta-feira (15), provocando medo e apreensão nos familiares e amigos dos detentos. Alguns chegaram até a comparecer na porta da unidade em busca de informações.
O Conselho da Comunidade luta para a implantação de unidade prisional em Lagoa Santa no modelo das APACs. Um luta antiga, que merece todo o apoio das autoridades e principalmente, da sociedade.
No link abaixo você tem acesso a uma entrevista exclusiva com o Desembargador Dr. Braga. Ele faz um paralelo entre a realidade do sistema prisional tradicional (presídios) e o sistema prisional APAC.
F: Norte Notícia

tags

0 comentários:

Postar um comentário