sábado, 2 de dezembro de 2017

Acusado de matar mulher cruelmente a pauladas é preso em Arraial D’Ajuda



Acusado de matar a ex-mulher a pauladas, Marlon Silva de Oliveira, de 47 anos, foi preso, na quinta-feira (30), por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Arraial D’Ajuda, que cumpriram um mandado de prisão preventiva contra ele.
O criminoso foi localizado depois que os policiais promoveram uma vigilância na praia de Mucugê. Eli Alves dos Santos foi morta, por Marlon, na madrugada do dia 27 de julho deste ano, em Arraial. Marlon foi autuado por feminicídio.
A prisão foi decretada pelo juiz André Strogenski, titular da I Vara Crime de Porto Seguro. Depois de ouvido na unidade, o criminoso foi encaminhado ao sistema prisional. A DT/Arraial D’Ajuda integra a 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Eunápolis.
FR

tags

0 comentários:

Postar um comentário