segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Cirurgias e consultas estão parcialmente suspensas em hospitais do Amazonas



Manaus – O recurso do Instituto de Traumato-Ortopedia do Amazonas teve seu recurso parcialmente atendido pela desembargadora Maria das Graças Pessoa Figueiredo contra o governo do estado. Com a decisão, a magistrada manteve os atendimentos em casos emergenciais pelos ortopedistas, mas nos casos de cirurgias eletivas, que são cirurgias marcadas previamente e sem urgência ou emergência) e os atendimentos ambulatoriais, a desembargadora decretou a suspensão  até os pagamentos dos débitos do governo com os profissionais.
Foi determinado também que se mantenham os atendimentos emergenciais em todos os hospitais objetos de contrato, por ser um serviço essencial.
Portal Cm7

tags

0 comentários:

Postar um comentário