sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Delegado identifica assassinos de criança; Polícia tenta localizá-los



A Polícia Civil, de Feira de Santana, através da Delegacia de Homicídio, identificou os quatros assassinos da menor Yariana de Jesus Viana, de apenas 10 anos, morta por tiros na noite da última quarta-feira (6), no bairro Liberdade.
Segundo informações da PM, Aryana foi baleada quando quatro homens invadiram a casa dela na Rua Leovigildo Lacerda, conjunto Liberdade. Os criminosos estavam a procura do irmão dela, de pré-nome Rafael. A criança teria sido baleado por vigança pelo fato do irmão não ter sido encontrado no local
Segundo o delegado Gustavo Coutinho, a ordem do crime teria partido de dentro do presídio, por um interno chamado Marquinhos. "Identificamos os quatros assassinos da pequena menina, eles são conhecidos da polícia. O crime foi mandado por um interno que está no presídio. Os quatros autores dos disparos estavam a procura de Rafael de Jesus, irmão da pequena Ariana, como não encontraram, mataram a garotinha", relata o delegado.
Muito abalada, Viviane de Jesus, mãe da menina, clamou por justiça. "Eu pedi pelo amor de Deus que eles não entrassem dentro de minha casa. Como não encontram meu filho, os quatros homens disparam vários tiros, um deles atingiu minha filha. Eles são conhecidos, moram aqui perto, peço que a polícia nos ajuda a fazer justiça", fala emocionada a mãe.
O tio da garotinha, Adailton de Jesus, falou equipe de reportagem do programa De Olho na Cidade, que seu sobrinho, estava tentando sair do mundo da criminalidade. "Eles foram atrás do meu sobrinho, que já foi envolvido no crime. Hoje meu sobrinho está trabalhando de carteira assinada, eles (suspeitos) queria que meu sobrinho voltassem ao mundo do crime", argumenta o homem. A pequena Ariana de Jesus, foi levada ao Hospital Estadual da Criança (HEC) ainda com vida, mas não resistiu aos ferimos e morreu na unidade.

F: De Olho na Cidade

tags

0 comentários:

Postar um comentário