quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Dupla em motocicleta atira e mata jovem



Um homem foi surpreendido por dupla de motoqueiros no Loteamento São José, KM-30, em Simões Filho, no início da tarde desta quarta-feira. De acordo com informações da polícia, Hernandes de Jesus Silva, 30 anos, mais conhecido como Dureco, foi alvejado em várias partes do corpo e morreu no local, em frente a própria casa.
Uma pessoa, que preferiu não se identificar, contou ao Click Bahia que a dupla tinha passado pelo local duas vezes, como se estivessem procurando a vítima. Na terceira vez que a dupla passou pela via, acabou avistando “Dureco”, que ainda esboçou reação para correr, mas foi baleado e morreu no local.
A polícia acredita que o crime tem características de acerto de contas. Mas não antecipou se a vítima tinha passagem pela polícia. Grupo de policiais do Pelotão Tático Operacional esteve no local, no objetivo de surpreender os criminosos, mas não obteve êxito.
O corpo do rapaz, de 30 anos, será encaminhado para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML), de Salvador. A autoria e a motivação do assassinato seguem desconhecidas até o momento.
Caso de polícia
Na última segunda-feira, 11, uma apresentação gospel do cantor Márcio Moreno foi interrompida após troca de tiros entre facções rivais, no bairro Luis Eduardo Magalhães, mais conhecido como Barreiro. O ex-cantor de arrocha se apresentava em uma igreja, que comemorava mais um ano de aniversário, quando homens armados protagonizaram uma verdadeira guerra na rua do bairro. De acordo com o cantor, para o Click Bahia, diversas pessoas passaram mal dentro da congregação. ” A sensação era de que eu estava em uma favela do Rio de Janeiro…Foram muitos tiros”, disse.
Candeia Mix

tags

0 comentários:

Postar um comentário