segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Governo do Estado cumpre ordem judicial, mas delegado continua na ‘geladeira’



Uma portaria de nº 741, de 21 de dezembro de 2017, assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardino Brito Filho, e publicada no Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira (22), torna sem efeito a portaria 562/17, publicada no dia 4 deste mês, que removeu por ‘interesse e conveniência do serviço’, o delegado João Rodrigo de Souza Uzzum, da 3ª Delegacia Territorial de Feira de Santana, para ter exercício na Delegacia Territorial do município de Rafael Jambeiro.
Essa última portaria foi publicada após o juiz Roque Ruy Barbosa de Araújo, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Feira de Santana, intimar e estipular um prazo para o Estado se manifestar sobre o não cumprimento de decisão liminar que suspendia a transferência do delegado, da comarca de Feira de Santana.
Em parte, a Secretaria de Segurança Pública (leia-se: Governo do Estado), cumpre a determinação da Justiça, mas continua com sua política de colocar servidores na ‘geladeira’, haja vista que o delegado João Uzzum, que já exerceu funções elogiadas e importantes dentro da Polícia Civil, como titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e até como Coordenador Regional de Polícia, continuará tendo exercício na 3ª Delegacia, localizada no distrito de Humildes, em Feira de Santana.
A 3ª Delegacia Territorial é alvo de críticas por parte da população do distrito, pela falta de estrutura para investigar e combater os crimes cometidos naquela localidade. Resumindo: a geladeira continua ligada, também no governo Rui Costa.
F: Noticia Policial

tags

0 comentários:

Postar um comentário