quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Homem linchado em Mussurunga contou para a família que faria um assalto



O homem que foi morto em um linchamento no bairro de Mussurunga, em Salvador, foi identificado como Uanderson Amorim dos Santos. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (12) e, segundo as polícias Civil e Militar, ele foi espancado até a morte quando tentava roubar um carro. O homem que estava com Uanderson foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece internado nesta quarta (13).
Segundo o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), familiares de Uanderson contaram que algumas horas antes do crime ele afirmou que estava saindo de casa para fazer um assalto. Ele teria dito também que o roubo seria para pagar uma dívida de drogas com um traficante.
Ele e o amigo deixaram o bairro de Vila Verde, onde moram, e seguiram até o setor A, em Mussurunga. Por volta das 18h, a dupla abordou um motorista que estava no caminho 16, rua F, e anunciaram o assalto. Ainda segundo a polícia, eles exigiram que a vítima entregasse a chave do veículo. Houve uma discussão e outros moradores perceberam a ação.
A Polícia Militar informou que os assaltantes estavam com uma arma branca. Eles foram cercados, dominados e espancados pelos moradores. Uanderson não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro homem foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para HGE. O estado de saúde dele não foi divulgado.
O Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que até o final da tarde desta quarta-feira o corpo de Uanderson permanecia no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, no bairro dos Barris, aguardando o reconhecimento da família.
Fonte: Correio 24 horas

tags

0 comentários:

Postar um comentário