segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Jovem e bonita estelionatária deu golpe na ex-sogra e na melhor amiga



A Coordenação de Repressão aos Crimes contra o Consumidor, à Ordem Tributária e a Fraudes (CORF), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), prendeu Kamilla Almeida Doudement, 23 anos, na tarde do último sábado (2/12), em Taguatinga. Ela foi condenada por fazer 242 compras com o cartão de crédito da ex-sogra, em 2016, no valor de R$ 103 mil.
A polícia cumpriu mandado de prisão expedido pela Justiça contra a mulher. A jovem furtou o cartão da mãe do namorado, quando mantinha o relacionamento ainda em 2016. Entre janeiro e março daquele ano, em apenas três meses, fez centenas de compras. De acordo com os investigadores, Kamilla gastava com roupas caras, restaurantes, viagens para o Nordeste e joias.
Além disso, ela é acusada de lesar pelo menos 10 pessoas que desejavam assistir ao show da banda irlandesa U2, em São Paulo, no dia 25 de outubro deste ano. A estelionatária vendeu ingressos em vários estados do país. Mas mandava envelopes vazios aos compradores.
Segundo o delegado Wisllei Salomão, da CORF, a mulher tinha como principal objetivo aplicar golpes. “Ela provocou prejuízos de norte a sul do Brasil. Fez vítimas em Santa Catarina e em Rondônia. Todos compraram ingressos falsos”, ressaltou o investigador.
Kamilla não poupou nem a melhor amiga. Furtou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), fez empréstimos e emitiu cheques no nome dela, dando um prejuízo de pelo menos R$ 5 mil.
De acordo com Luciana*, 21, ela e Kamilla se conhecem desde a infância. “Éramos amigas de dormir uma na casa da outra e nossas famílias se conheciam. Foi um golpe duro saber que ela furtou meus documentos e levou meu dinheiro”, disse.
A amiga contou que teve a sua CNH furtada quando foi ao hospital, no ano passado, ajudar Kamilla, que apresentava complicações na gravidez. “Mesmo frágil e com dores, ela conseguiu abrir minha bolsa e pegar a habilitação”, contou.
Por determinação da Justiça, Kamilla vai cumprir a condenação dos 242 furtos em regime aberto. Mas ficará presa preventivamente pelos outros golpes.
(*) Nome fictício a pedido da entrevistada
Portal Cm7

tags

0 comentários:

Postar um comentário