sábado, 16 de dezembro de 2017

RMS: Mulher é morta com várias facadas no pescoço – “Não me mata, por favor!”



Maria de Fátima dos Santos, 35 anos, foi assassinada com várias facadas, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, distante 26 quilômetros da capital. Ela e a autor do crime, um homem de 42 anos, teriam discutido no local, o que motivou o crime. O caso aconteceu na tarde deste sábado (16/12), no Loteamento São Miguel, localidade do bairro KM-30.
Testemunhas informaram ao Simões Filho Online, que a vítima estava dentro da casa do acusado quando os dois teriam iniciado uma discussão. Maria ainda tentou correr para o quintal da casa, mas foi alcançada. O homem em estado fúria desferiu vários golpes de faca que atingiram a região do pescoço de Fátima.
Moradores foram ao local ver o que estava acontecendo e informaram que Maria pedia pra não morrer, mesmo assim o assassino não parava de desferir os golpes de faca. “‘Não me mata, por favor’! Ela gritava muito’”, contou uma testemunha que preferiu não se identificar.
Ainda segundo testemunhas, o corpo da vítima ficou jogado no canto de um muro agonizando, foi quando a comunidade acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro, mas ao chegar no local, a mulher já estava morta.
Investigação
Em nota, a 22ª Companhia Independe de Polícia Militar (CIPM) confirmou o homicídio e disse que os policiais militares da unidade foram acionados por volta das 16h00 para atender a ocorrência. Quando os agentes chegaram ao local, foram informados por populares que a vítima tinha sido atingida por golpes de arma branca, deferidos por um homem que fugiu logo após o crime.
Maria de Fátima era casada e seu marido estava trabalhando no Centro de Abastecimento (Ceasa), no momento do crime.
A Polícia Civil já tem o nome do principal suspeito de cometer o assassinato, mas até o fechamento desta reportagem, não tinha confirmado a prisão do acusado, que está foragido. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

*Informações de Simões Filho Online

tags

0 comentários:

Postar um comentário