terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Santo Amaro: Machado teve prisão preventiva decretada e permaneceu preso após HC



A assessoria do Tribunal de Justiça da Bahia informou que Ricardo Machado, ex-prefeito de Santo Amaro investigado pela Operação Adsumus, nunca saiu da prisão desde que foi detido em 19 de dezembro. De acordo com a Corte, o petista teve a prisão temporária convertida em preventiva no sábado (23), mas em outro processo no qual é alvo.
Já o habeas corpus dado ao ex-prefeito no último dia 20, foi relacionado à Operação Adsumus, em que o político é suspeito de desviar R$ 20 milhões dos cofres de Santo Amaro. Por causa da acusação no outro processo, Machado nunca chegou a sair da cadeia, já que, vencido o prazo de 5 dias da temporária, a prisão foi convertida logo em seguida em preventiva, o que o levou a ser mantido encarcerado.
Informações iniciais apontavam que Ricardo Machado foi encaminhado nesta tarde para a Superintendência da Polícia Federal na Bahia, localizada em Água de Meninos, em Salvador. O Bahia Notícias entrou em contato com a assessoria de imprensa do órgão, que não confirmou a informação. De acordo com o Tribunal de Justiça, Ricardo Machado foi encaminhado para o 1º Depin, em Feira de Santana, onde está custodiado desde o dia 19.
Inforsaj

tags

0 comentários:

Postar um comentário